domingo, 13 de novembro de 2011

Natureza


Abra a porta para sonhar
olhe as coisas
e verá
verá o amor da natureza
que ele é tão lindo
tão lindo que me faz chorar.

Júlia 6 anos

sábado, 22 de outubro de 2011

Virtudes e solidariedade

Hoje teve feira cultural na escola das crianças.
Importantes temas trabalhados e muita criatividade e reciclagem!
Parabéns aos professores e alunos que fizeram uma manhã tão bonita e cheia de significados.

























quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Horas

Vou olhar a vida na sacada
Corre para o colchão
já é hora de dormir
porque para você, você pensa que as horas
passam rápido
mas pra mim é diferente:
as horas passam devagar...
é uma brincando
é uma correndo
e uma hora sai do lugar

As horas quebram de amor
as horas tem amor
tudo tem amor na vida

Quando você chega em casa
dá aquele sorriso teu
meu coração bate bateu
eu não consigo nem falar
mas não sou eu que sinto isso
é o meu coração que sente isso

Ele consegue bater bater bater
toda hora
mas quando bate rápido é que está
com amor dentro dele
Ele é assim
ele é assim

As horas passam devagar para mim
da sacada eu olho
que não é um dia mais legal do que o outro
Quando eu abro a janela
tem um lindo dia de novo
tem um lindo dia de novo
tem um lindo dia...
para o amor.

uma música da Júlia (6 anos)

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Ser feliz

Os sentimentos estão aqui
grudados no meu peito
é assim que eu sou
eu sou assim
é legal fazer poemas
é legal deixar a vida viver
é legal ver o tempo passar
até o anoitecer
Você gosta dos meus sonhos
e eu gosto dos teus
você fala poesia
e você se encanta
não tem quase nenhuma palavra para dizer
É lindo isso
é lindo aquilo
é tudo lindo
nos sentimentos
Se sinto alguma coisa
já está aqui
Algumas vezes a gente fala
coisas que nem sabe
algumas vezes falamos coisas erradas
Mas aí eu abro a janela
e as palavras saem com o vento
O vento leva para o mar
e o mar dissolve todas aquelas palavras
que eu disse sem saber
e o sol seca e transforma
tudo em palavras boas
como obrigada e respeito
Tenho que ter respeito a tudo
tudo no mundo tem que ter
Eu sei que no seu coração tem amor suficiente
se você quiser amar
alguns querem ir para caminhos maus
Quando eu era criança
parecia que estava flutuando
numa nuvem o dia inteiro
e só coisa boa eu vivia
se você quiser ser feliz
seja do jeito que você é
você é assim
eu sou assim desse jeitinho
igual a tudo

Júlia 6 anos

domingo, 3 de julho de 2011

Meu amigo coelho

Um dia desses eu estava caminhando mas havia alguma coisa me seguindo.
Era um coelhinho e quando olhei para trás, ele veio na minha cesta.
O olhinho dele era tão delicado e pedia para voltar para casa.
Aí eu disse:
  • Eu vou voltar para minha casa, você quer ir comigo?
  • Sim!
Então fomos eu e ele para minha casa. Depois disso, entrei na minha casa e fui correndo pegar meus lápis para desenhar o coelhinho.
Guardei de lembrança o desenho tão bonito do meu amigo coelho.
Dei de presente para minha mãe e fui passear com a minha cestinha. No caminho encontrei várias flores caídas e fui pegando todas e pus na minha cestinha. Algumas não cabiam e eu levei na mão.
Quando cheguei em casa, tinha um buquê lindo e colorido para alegrar quem estava sentado esperando o jantar.

Júlia 6 anos

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Agora

Eu sei que não é fácil amar
então agora é a hora
de falar o que sentimos dentro do coração
sendo pessoas tristes ou mal humoradas ou felizes
todas as pessoas no fundo tem o amor
seja guardado ou seja brilhando
eus ei que tem o amor suficiente
o amor existe sabe por quê?
Porque eu te digo toda hora eu te amo
eu sei que não é fácil saber tudo
no mundo inteiro não sabemos tudo
em cada mundo seja feliz
o resto da tua vida
então eu sei agora
agora é hora de amar

Júlia 6 anos


segunda-feira, 27 de junho de 2011

Festa junina

E antes que junho se vá, tão apressado que está, as fotos da festa junina da Júlia na escola!





terça-feira, 21 de junho de 2011

Simplesmente




Sei todos os seus sentimentos
são simples e não são fáceis de entender
porque no fundo tem alguém que diz
espera que eu sei os seus sentimentos
que me faz lembrar essa pessoa
eu sinto um poema aqui
bem do lado do teu coração
por isso que eu sei o que é amor
quem não sabe o que é o amor
não tem amor por nada
quem não sabe o que é amar
não sabe viver.

Júlia (6 anos)

A Júlia fez esse poema ouvindo a música do blog da Úrsula Avner, ela disse que aquela música fez nascer um poema nela!

sexta-feira, 10 de junho de 2011

O amor e o tempo

O amor não é sozinho
o amor precisa de ajuda
precisa de paz
o amor vai até muito longe

O amor significa cada coisa tão linda
uma surpresa, alguma história
assim como eu

O tempo vai, o tempo vem
o tempo sabe esperar
o tempo é o amor
também o tempo precisa
ter o amor

O amor vai para qualquer lugar
saberá
saber tudo
o amor sabe tudo mesmo
o amor precisa de fé
precisa de paz
de silêncio
e de barulho
senão ele não existe

Júlia 6 anos


domingo, 29 de maio de 2011

Cores no coração

Abro a porta
o meu jardim se encanta de borboletas
o meu jardim não é mais só de flores
é de flores e borboletas
São coloridas
e muito talentosas
pintaram o meu coração
trazendo todas as cores do mundo
para dentro de mim
e isto me dá alegria.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

O que é amor

O amor é feito pela paz
e alguns não tem amor e paz
só tem correria, só tem pressa
correndo, correndo o dia inteiro
assim o mundo não aguenta
porque precisamos da paz e o amor
sempre quando está comigo
eu adoro brincar e falar eu te amo
porque isso é muito importante para mim
isso significa o amor
e tudo no mundo
precisa de amor
as árvores, as flores, as pessoas...
sem amor ninguém consegue viver
ame sempre o mundo
e viva feliz para sempre
Isso é o amor!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Brincar na chuva

Se a vida muitas vezes
só chove e só garoa
e o céu parece não ter nada
é tudo nublado neste dia
um dia legal na janela
um dia legal de dançar
um dia legal de pular

Pula na chuva, eu vou brincar
um pingo já caiu
é um pingo que guarda a chave
um pingo que sonha comigo
a chave dos sonhos
que guardam você
que guardam o seu coração
um sonho travesso
parece um pingo que cai

Eu estou toda molhada
Vamos dançar
até a chuva acabar

Júlia

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Pingo de chuva

Abro a janela
um pingo de chuva cai
bem na minha flor rosa bela
Ela se abre toda
sempre quando a chuva cai
ela fica linda de viver
a flor na janela
liberto ela
e uma flor amarela
cai no meu jardim
corro a pegar
havia um buquê amarelo
a chuva caiu, a chuva caiu
o sol agora voltou tão lindo
e a chuva passou
dentro do seu coração

    Júlia

domingo, 15 de maio de 2011

Adormecer




Adormecer

Meu coração se enternece
olhando-os assim
adormecidos
exalando tranquilidade
no barulhinho da respiração

Quero cobrí-los
com o manto das estrelas
iluminando as faces coradas
por um dia de traquinagens

Trago nuvens a repousar
suas cabecinhas
para que tenham sonhos macios

A lua com sua esplêndida e prateada luz
conduzirá os passos brincantes
das crianças do mundo
para um mundo de igualdade

Ainda há pequeninos
sendo acolhidos pelos braços da cidade
num colo de concreto
ainda assim o luar pode conduzí-los
aonde não há classificação, competitividade
aonde as palavras são irrelevantes
porque é o coração que fala
e o seu idioma é o amor

Adormecidos na igualdade
Despertarão somente quando os pássaros
escorregando pelos raios de sol
trouxerem a sinfonia da aurora
para as camas gris
para as camas estreladas

Um canto trazendo a melodia
lá daquele mundo dos sonhos
onde não existem diferenças

Um canto anunciando
um alvorecer e um adormecer
embalados pelos braços do amor


                                              Boa noite meus filhos
                                              Mamãe Ana Paula


sexta-feira, 13 de maio de 2011

Brincar

Como é gostoso ver o jeitinho da Júlia brincar.
Sempre gostou das miniaturas e pôneis.
"Brinque minha filha, sempre, não importa a idade que o calendário marca. Te amo. Mamãe"



sábado, 7 de maio de 2011

Nascer e morrer


Desde quando eu nasci, eu era um bebê
e desde quando eu vou morrer
tem as minhas lembranças
mas é triste quando eu morro,
mas cada um tem um momento de morrer e de nascer
nessas lembranças eu também vou lembrar você
porque sempre te amarei
não importa onde você está
você é minha mãe e para sempre te amarei
Os anos se passaram e cada ano vou ficar mais velha
Que coisa linda!
Fica uma graça quando cresce uma criança
bem linda, para ficar como você
Eu tenho um quadro para te lembrar
era você e eu até quando você morreu
porque todo mundo tem sua hora
uma hora está triste a outra hora está feliz
a vida é lentamente
vem o vento
vai o vento
sempre vai brincar contigo
e para sempre te amarei

Júlia

sábado, 30 de abril de 2011

Meu segredo do mar

the surfer and his girl by marie-ll

the surfer and his girl, a photo by marie-ll on Flickr.


O céu e o mar
têm uma distância
que ninguém percebe
só eu e você percebemos
mas eu posso te contar
qual é essa distância
um mora lá no céu
outro mora lá na água
então eles têm uma grande diferença
sabe por que?
porque um vive no céu
e o outro  vive baixinho
que curioso!
todo dia quando acaba o dia 
eles se encontram
porque eu vejo com a minha alma
a água fica morna
porque tem o sol que se encontra com o mar
ah! que emoção 
é tão bonito só de olhar
não quero olhar
porque fica tão lindo que me faz chorar
e eu me encanto
Eles desviam e o sol entra na água
e todo mundo vê
eles se beijando na água
eles finalmente se encontraram
com a paz e a harmonia
e um pouco de 
o sol conseguiu realizar o seu sonho
o mar conseguiu brincar com o sol
e tudo o que a gente quer
vai de um lado para o outro
até descobrirem quem é o mar e o sol
porque todos os dias são bonitos
mesmo sendo um longe do outro 

domingo, 24 de abril de 2011

Coelhinho da páscoa




coelhinho    entra    nas    casas   como     ele     consegue?       
distribui  ovos   e   alegria
feliz    páscoa          


                                    Júlia

sábado, 23 de abril de 2011

Teu sorriso



Quando você acorda de manhã
vejo o teu sorriso no teu lábio da tua boca
me dá vontade de sorrir também
Quando você chora, eu fico tão triste
que eu comeco a chorar
porque  você fala isto tão perto de mim
tão pertinho de mim?
E um dia alguma coisa vai acontecer
um presente você irá ganhar
que guarda sempre em teu coração 
mas não vê 
porque este presente é você
Então vamos brincar
me dê a mão
vamos correr até o sol se pôr


                 Júlia

Luz

Algumas palavras que antes de dormir 
não são canções de ninar
mas, são palavras que agradam o teu coração 
A noite escura virá
e a noite vai brilhar
é o pai que está lá
ele faz brilhar a lua
eu sonho e posso voar na lua
junto com o pai
porque minha alma me leva.


                                                    Júlia

domingo, 17 de abril de 2011

Amarelo


Borboleta amarela
ela nasceu na janela
na janela amarela
pintada de aquarela

Suspira borboleta
ela só sabe voar
Mas não sabe falar
as palavras da borboleta
estão guardadas dentro dela
e as palavras são amarelas
e o colorido está o coração dela


                                          Júlia